O adicional de insalubridade (10%, 20% ou 40% do salário-mínimo), é um valor devido em virtude da exposição a agentes físicos, químicos e/ou biológicos, considerando os limites de tolerâncias estabelecidos pelas legislações e as proteções fornecidas pela empresa.